Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Sinfônica da UFRN abre inscrições para 2012

http://wsantacruz.com.br/2011/06/28/ii-semadec-teve-a-participacao-da-orquestra-sinfonica-da-ufrn/



Estão abertas as inscrições para novos instrumentistas da Orquestra Sinfônica da UFRN, há vagas em todos os naipes e instrumentos. É necessário que o candidato seja aluno da UFRN, e deverá ser aprovado em audição. As inscrições para a seleção acontecerão a partir de hoje (26) a 31 de dezembro através de preenchimento de formulário online.
Os candidatos novatos, bem como os alunos que fizeram parte da OSUFRN, em 2011 e que desejem continuar na mesma, em 2012, precisam participar da audição. A seleção acontece nos dias 13 e 14 de fevereiro, no auditório da Escola de Música.
Para mais informações acesse a fonte abaixo ou diretamente na Escola de Música.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

PROGRAMAÇÃO DO I ENCONTRO DE METAIS DO SERIDÓ EM CRUZETA/RN


Dia 26/12/2011

09:00 – Abertura do Evento com todos os professores.

10:00 às 12:00

•    Oficina de tuba/bombardino – Profs. Valmir Vieira – UFPB-OSPB/ Adriano Dantas  - EMUFRN/ Fernando Luiz  -  EMUFRN.
•    Oficina de Trombone - Profs. Gilvando Pereira – UFRN/ Klênio Barros  - UFRN
•    Oficina de Trompa – Profs. Radegundis Tavares- EMUFRN/ Dayanderson Dantas  - EMUFRN
•    Oficina de Trompete – Profs. Fernando Araujo - EMUFCG-PB/ Mizael Cabral - EMUFRN

14:00 às 18:00:

•    Oficina de tuba/bombardino – Profs. Valmir Vieira – UFPB-OSPB/ Adriano Dantas  - EMUFRN/ Fernando Luiz  -  EMUFRN.
•    Oficina de Trombone - Profs. Gilvando Pereira – UFRN/ Klênio Barros  - UFRN
•    Oficina de Trompa – Profs. Radegundis Tavares- EMUFRN/ Dayanderson Dantas  - EMUFRN
•    Oficina de Trompete – Profs. Fernando Araujo - EMUFCG-PB/ Mizael Cabral - EMUFRN

Dia 27/12/2011

08:00 às 12:00

•    Oficina de tuba/bombardino – Profs. Valmir Vieira – UFPB-OSPB/ Adriano Dantas  - EMUFRN/ Fernando Luiz  -  EMUFRN.
•    Oficina de Trombone - Profs. Gilvando Pereira – UFRN/ Klênio Barros  - UFRN
•    Oficina de Trompa – Profs. Radegundis Tavares- EMUFRN/ Dayanderson Dantas  - EMUFRN
•    Oficina de Trompete – Profs. Fernando Araujo - EMUFCG-PB/ Mizael Cabral – EMUFRN

14:00 às 18:00:

•    Oficina de tuba/bombardino – Profs. Valmir Vieira – UFPB-OSPB/ Adriano Dantas  - EMUFRN/ Fernando Luiz  -  EMUFRN.
•    Oficina de Trombone - Profs. Gilvando Pereira – UFRN/ Klênio Barros  - UFRN
•    Oficina de Trompa – Profs. Radegundis Tavares- EMUFRN/ Dayanderson Dantas  - EMUFRN
•    Oficina de Trompete – Profs. Fernando Araujo - EMUFCG-PB/ Mizael Cabral - EMUFRN

19:00 – Encerramento - Grupo de metais das oficinas Grupos da Escola de Musica de Cruzeta- AMUSIC  / FILARMONICA DE CRUZETA.


quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Projeto que beneficia 115 bandas da Grande Natal é vetado


PL que cria Sistema Estadual de Bandas do Rio Grande do Norte sofreu veto ontem por parte da governadora
Sérgio Vilar // sergiovilar.rn@dabr.com.br 
O Projeto de Lei que cria o Sistema Estadual de Bandas do Rio Grande do Norte (Seban) foi vetado ontem pela governadora Rosalba Ciarlini após aprovação por unanimidade na Assembleia Legislativa. O Seban funcionaria na organização, qualificação e incentivo às 115 bandas marciais de música espalhadas na Grande Natal e interior potiguar, sobretudo após aprovação recente do Fundo Estadual de Cultura cujo montante tem reservado percentual fixo destinado às Bandas de Música do Estado.

Um equívoco de ordem jurídica teria sido o motivo apontado pela assessoria do governo para o veto: "O projeto é bom e será aproveitado", informou Foto:Monique Renne/CB/D.A Press
Um equívoco de ordem jurídica foi o motivo apontado pela assessoria do governo para o veto. Segundo informações repassadas pela Consultoria do Estado, deputados (legislativo) não podem atribuir obrigações e atribuições orçamentárias ao Governo do Estado (executivo). O deputado estadual Fernando Mineiro (PT), autor do PL, contra-argumenta: "Não leram o projeto direito. Só pode. Porque está claro que não há qualquer empenho de despesa por parte do Executivo Estadual".
Segundo Mineiro, não se encontra resquícios de nenhuma das inconstitucionalidades apontadas pela Governadora. "O Projeto de Lei respeitou toda a tramitação legal prevista. O veto afirma que também existe no PL inconstitucionalidade material. Tal argumento se apresenta ainda mais estapafúrdio, pois um Projeto de Lei é materialmente inconstitucional quando o seu conteúdo, no todo ou em parte, contraria dispositivo constitucional sobre o mesmo tema", reclamou o deputado.

Audiência pública

O parlamentar lembrou que a secretária extraordinária de Cultura, Isaura Rosado, esteve presente na audiência pública para discutir o PL que institui o Seban, promovido em 7 de outubro, elogiou a proposição e destacou sua importância para o cenário cultural do Rio Grande do Norte. "Este sistema é imprescindível que seja criado e está em total confluência com os interesses do Governo do Estado", disse a secretária na oportunidade, em matéria publicada no próprio site do Governo.
Para a assessoria do Governo, "esse tipo de processo precisaria partir do próprio Governo. Ou seja: de posse do Projeto encaminhado pela AL, a governadora vai elaborar Projeto de Lei Complementar e encaminhar à apreciação na Assembleia. A discussão tem de partir deste projeto, que virá com informações referentes à origem do orçamento para a criação do Seban, como será realizado, etc. O projeto é bom e será aproveitado", informou o secretário de Comunicação, Alexandre Mulatinho. 

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

BMIJB - Inauguração do 1º Teatro da Região Agreste


video
Banda de Música Infanto-Juvenil de Brejinho
"We are the champions" Freddie Mercury - Arr: Gilberto Alves de Camargo


No dia 17/12 (sábado), Brejinho ganhou o seu Teatro Municipal “Sinézio José Chacon”, o primeiro da região Agreste. Estiveram presentes ao evento, além da Secretária de Educação do município, Yraguacy Araújo; da presidente da Câmara Anilda Freire e do prefeito João Gomes;  dentre outras autoridades municipais, a secretária extraordinária da Cultura do Rio Grande do Norte, Isaura Rosado; a governadora, Rosalba Ciarlini e o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho.
Em seu discurso a governadora falou da importância dos teatros no interior, são 167 municípios no Estado e, apenas, nove teatros.  Ressaltou, ainda, que o Fundo Estadual de Cultura (FEC), aprovado, no último dia 14, por unanimidade pela Assembleia Legislativa, será de relevante importância para o desenvolvimento artístico do Estado.
Nossa banda participou desse momento, especial para a cidade, fazendo uma breve apresentação, a primeira do novo espaço cultural do município.
Ah! A título de curiosidade, especialmente para os integrantes da banda, o nome do teatro homenageia o avô de um amigo nosso, ex-trompetista da banda, Hércules Chacon e a benção do teatro foi proferida pelo seminarista Djalma Feliciano, também ex-integrante da banda (trompista, trompetista e, em algumas ocasiões, maestro substituto).
Brejinho está de parabéns e todos esperam que a devida aplicação do Fundo Estadual de Cultura traga benefícios para a Banda de Música Infanto-Juvenil, bem como para as outras formas de arte e cultura desenvolvidas na cidade.
Refrão da música executada (traduzido)
"... Nós somos os campeões - meus amigos
 E nós continuaremos lutando
 Até o fim 
 Nós somos os campeões
 Nós somos os campeões
 Não tem vez pra perdedores
 Pois nós somos os campeões"

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

PEC da Música é aprovada pela Câmara


13/12/2011 - 21h14


Brasília - A Câmara dos Deputados aprovou, há pouco, em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Música. A PEC concede imunidade tributária a produções fonográficas brasileiras (CDs e DVDs) com música de autores nacionais.
A PEC foi aprovada por 393 votos a favor, 6 contrários e 1 abstenção. A proposta segue agora à apreciação, em dois turnos, pelo Senado Federal.
De acordo com Otavio Leite, autor da PEC, com a aprovação e promulgação da proposta, os preços dos CDs e DVDs podem cair em pelo menos 20%. Segundo ele, também com a imunidade tributária, os músicos iniciantes terão mais condições de entrarem mercado musical e, inclusive, comercializar seus CDs fora da informalidade.


segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Fundo Estadual de Cultura - apenas 5% para Bandas de Música



Aproveitamos este espaço para divulgar integralmente o texto abaixo, a nós enviado pelo Maestro Bembem.

   "Ao ver direito a proposta do governo acerca da distribuição dos recursos do FEC, Fundo Estadual de Cultura, que está prestes a ser votado na câmara dos deputados, me certifiquei que,  a porcentagem destinada ao SEBAM - RN (Sistema Estadual de bandas de Musica do RN), é 5% e não 0,5 %, como havia entendido. De qualquer forma nossa posição continua a mesma,  compreendemos que os prováveis  R$ 750.000,00, por ano, são incipientes para atender a 115 bandas, em atuação no estado, as quais envolvem diretamente nas suas escolas de formação teórica e pratica aproximadamente 12.000 alunos.           Esse é o momento de quem esperou, perseverou e lutou já a  quase dois séculos , fazendo o que seria atribuição dos governos, no sentido de disseminar, estimular e manter  a cultura do ensino musical por todas as regiões do estado do RN. Das Bandas saem cerca de 80% dos músicos que hoje estão em atividade no estado, lembrando que muitos estão  em outras  regiões do país e até no exterior. As escolas de musica, Do RN:Instituto Waldemar Almeida, EMUFRN (Natal ) e da UERN (Mossoró ), não atendem nem 5% da demanda de formação e graduação dos nossos músicos, sendo que o mercado exige nessas eras de globalização,  performance técnica atualizada e até qualificada.
  Nesse contexto sabe-se lá como, as Bandas tem sido de longe o principal meio de fomento ao desenvolvimento da musicalidade potiguar, sem contar a contribuição nos aspectos sociais, educacionais, geração de renda e formação cidadã.
  É provável que questionemos: Para quem não tinha nada, já é muita coisa! Engano pensar assim, já que temos muito! O suficiente para apresentar e mostrar durante o tempo que se puder imaginar. Nosso patrimônio é tão imenso e infinitamente rico para a cultura Potiguar,  talvez a nossa principal identidade e que sempre se caracterizou pelo acolhimento e respeito a diversidade  cultural , que caracteriza o nosso país. São quase dois séculos de produção cultural e artística das Bandas no nosso estado se fazendo presentes em todos os momentos importantes dos municípios e via de regra a principal mobilizadora cultural das cidades do interior. Estima-se que a Banda Euterpe Jardinense de Jardim do Seridó, com 152 anos de fundação e em ação ininterrupta, tenha se apresentado mais de 15.000 vezes e  promovido mais de 30.000 ensaios. A Banda de Cruzeta, com apenas 25 anos, já passa de 2.500 apresentações e seus músicos têm na agenda 06 ensaios por semana. Temos na atualidade cerca de 15 bandas com mais de cem anos e mais da metade estão organizada em associações culturais, de maneira que  somos um patrimônio construído no compromisso do amor a arte, a nossa cultura, ao talento e a capacidade de criação do musico dessa terra.
  Não queremos ser intolerantes  nem tampouco ingratos, se não reconhecermos e aplaudimos a ação do governo em implantar o FEC-RN, é um avanço, uma conquista, mas,  não podemos concordar que apenas 5% seja destinado ao SEBAM-RN, pois temos nesse ato histórico contida toda nossa esperança, de podermos nos equipar quanto escola e grupo musical, promover a formação técnica que demanda da ineficiência do estado, promover eventos culturais  e  a cultura musical instrumental, fomentar o movimento de formação e inclusão social, promover e difundir nossos valores criativos e pedagógicos, adequação  e melhorias dos  espaços, desenvolver programas de apoio a registros  fonográficos e literários, etc e etc.
  Para ilustrar podemos comparar o tamanho  da nossa decepção,  tomando como referencia a Orquestra Sinfônica do RN,- OSRN que tem ao final de cada ano um gasto geral de quase o dobro do percentual que tocará as Bandas caso permaneça os 5% que está sendo sugerido no projeto de lei encaminhado pela governadora Rosalba  a ALRN, para ser discutido e votado.Lembrando que apenas cerca de 40 músicos, estão estabilizados nessa importante orquestra, os quais permanentemente  ainda reclamam melhores  condições salariais e de trabalho, necessitando para se apresentarem a  contratação por cachê   de mais cerca de 20 músicos, sendo que as Bandas envolvem diretamente 300 vezes mais pessoas diretamente, na sua maioria crianças e jovens.
  Portanto é justa a nossa reivindicação, esse bolo está mal repartido, esperamos mais uma vez contar com a sensibilidade dos nossos deputados e deputadas e com a mobilização e apoio de todos os maestros, músicos, amigos e  gestores das bandas do RN, para alterarmos para 10% esse percentual, que ainda seria insuficiente, mas com a garra e a disposição que temos, haveremos de triplicá-lo em ações concretas, exemplificando nossa forma de gestão e firmando uma metodologia de resultados práticos e humanista.
  Compreendemos que ESSA É A NOSSA HORA,o nosso tão esperado momento, é pertinente que procuremos todos, urgentemente, contato com os deputados  e deputadas, que são sabedores da importância do nosso trabalho, prova quando num primeiro momento de reconhecimento, aprovaram o Sistema Estadual de Bandas de Musica do RN, mesmo antes da implantação do FEC-RN, e lembramos que criamos também a UNIBAN – União das Bandas do RN, um fato que revela nosso poder de organização e que estamos preparados para fazer deste estado, uma referencia nacional  no  cenário musical.
  Por fim pedimos o apoio da sociedade para nosso pleito,  que é,repito, de cunho sociocultural e artístico, educacional, gerador de renda e desenvolvimento."

Bembem Dantas- Cruzeta RN

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

ABBA GOLD - Banda de Música da ACM

video
No dia 30 de julho, publicamos uma matéria falando do sucesso de estreia da Banda de Música da ACM (Associação Cultural de Macaíba) estávamos devendo um vídeo desse primeiro contato da Banda com o público. Uma das peças executadas pelo grupo, nesse concerto popular, foi "ABBA GOLD" seleção de música do grupo sueco, pop, ABBA, que fez enorme sucesso nos anos 70. Confiram.
Quem desejar assistir o concerto, completo, pode adquirir o DVD com o comunicador Genivaldo Lima, presidente da ACM.


terça-feira, 29 de novembro de 2011

Downloads de Partituras - em fase de teste


Minha foto
Mizael Cabral, músico, compositor, arranjador e maestro da Filarmônica de Timbaúba dos Batistas, está publicando, em fase de testes, composições e arranjos para downloads no blog da filarmônica: http://filarmonicadetimbaubadosbatistas.blogspot.com/
Uma ótima iniciativa. Já testamos, estamos aguardando novas publicações.
Parabéns Mizael.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Regulamento do Seminário de Música em Cruzeta


REGULAMENTO

                                                                                                          
01.Serão disponibilizadas 200 vagas divididas em 9 oficinas.
02. Poderão se inscrever Crianças, adolescentes e jovens a partir de 10 anos, que já tenha no mínimo  01 ano de  prática no instrumento e participe de uma Banda de Música do RN, selecionadas para participar do SEMINÁRIO.
03. Os interessados deverão preencher a ficha de inscrição e enviá-las, para a Coordenação do Seminário, via correio eletrônico;
04. Não serão aceitas inscrições durante o período do SEMINÁRIO.
05. O aluno que não comparecer ao seu respectivo curso ate às 8 horas do dia 26/11/2011
 ( segundo dia do inicio das Oficinas ) perderá o direito a vaga, a qual será redistribuída. Fica a cargo do professor, aceita-lo ou não como ouvinte.
06.  O aluno não pode mudar de Oficina durante o Seminário.
07. A Coordenação  do SEMINÁRIO por razões técnicas, se necessário, poderá alterar a programação do Seminário  (horários  de aulas, mudança de local das oficinas etc).
08. Todos os alunos deverão dirigir-se ao local de Credenciamento do SEMINÁRIO, na Escola Estadual Joaquim José de Medeiros de Cruzeta RN  no dia 25 de novembro 2011 entre 08:00 as 10:00 horas, para recebimento do crachá, material e informações gerais. E participar da abertura do SEMINÁRIO;
09. As aulas terão início dia 25 de novembro às 13h 30min
10. O uso do crachá SERÁ OBRIGATÓRIO em todas as dependências do seminário (salas de aula , alojamentos, refeitório ). Esta medida terá por finalidade evitar a entrada e circulação nas dependências, de pessoas estranhas ao SEMINÁRIO, sem o devido conhecimento da Organização;
11. O aluno sem CRACHÁ fica impedido o acesso das oficinas, refeitório e alojamento e em caso de perda do mesmo, pagará uma multa de R$ 10,00, pela obtenção de um novo crachá, junto à coordenação do SEMINÁRIO;
12. A coordenação do SEMINÁRIO não se responsabilizará por acidentes, roubos ou quaisquer eventualidades com instrumentos ou outros bens de propriedade dos alunos participantes;
13. A coordenação do SEMINÁRIO, se encarregará de todos os cuidados, quanto a segurança dos participantes, se isentando de qualquer responsabilidade, para quem transgredir as regras da moral e dos bons costumes e deste regulamento.
14. A seleção das Bandas participantes do SEMINÁRIO fica a cargo da coordenação.
15. O seminário nos seus aspectos técnicos será concebido para níveis  básico e médio, ficando a cargo dos professores a devida triagem dos alunos.
16..As vagas serão distribuídas atendendo 01 aluno por naipe de cada banda,  num total de 08 ( oito ) por cada banda
17. As vagas serão preenchidas de acordo com a ordem de inscrição verificadas pelo horário registrado na caixa de entrada do email disponibilizado.
18- O curso de regência será destinado apenas a mestres de Bandas de Musica do RN.


Das Inscrições

De 05 a 25 de novembro de 2011
Como se Inscrever?
01. Pessoalmente: Em Cruzeta,  na sede da Amusic/ Filarmônica 24 de Outubro,
de segunda a sábado, das 14 as 17h.) de 05 a 20 de novembro 2011.
02. Via Correio eletrônico - Email (seminariodecruzeta25anos@hotmail.com ) Até 22 de novembro de 2011
03. A FICHA DE INSCRIÇÃO juntamente com o REGULAMENTO será enviada diretamente para a Banda através de correio eletrônico – EMAIL.

Das Regras Gerais para  inscrição

01. Não será cobrada taxa de inscrição
02. Os menores de dezesseis anos que desejam participar do Seminário devem estar acompanhados por um responsável maior de idade participante do Seminário.
07. Os alunos só poderão se inscrever para 01 (uma ) oficina.
08. No ato de recebimento dos Crachás, o aluno deverá portar documento que comprove os dados fornecidos e entregar a sua ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada;
09. Cada banda só poderá inscrever um aluno por naipe.num total de 08 ( oito ) por banda
10. O mestre da banda é quem encaminhará a inscrição dos seus alunos para o email: (seminariodecruzeta25anos@hotmail.com )
11. Ao solicitar sua inscrição o aluno declarara expressamente que leu esse regulamento, tomou conhecimento e acatará  todos seus requisitos.
12. Ficará a cargo da Comissão Organizadora a ratificação das inscrições, podendo vetá-la se a mesma não se enquadrar nesse regulamento.
13.A ficha de inscrição devera ser preenchida integralmente, com letra de forma legível.
14. Preenchidas o numero de vagas, o aluno terá direito a se inscrever e participar do SEMINÀRIO, sendo  todas as despesas  por conta própria.

Dos Alojamentos

01.Os alojamentos serão nas escolas e/ou ginásio esportivo de Cruzeta.
02. Os menores de dezesseis anos devem estar acompanhados por um responsável maior de idade selecionado no Seminário.
03.É VETADO O ALOJAMENTO PARA MENORES DE 10 ANOS.
04. O aluno deverá trazer seu colchonete, roupa de cama, banho e cobertor.
05. Não será permitido a nenhum aluno entrar ou freqüentar o alojamento do sexo oposto.
06. Será proibida qualquer manifestação sonora nos alojamentos após as 23h, e o acesso as dependências do alojamento será permitido apenas até 00 h.  Após esse horário, será de exclusiva responsabilidade do aluno, o local onde pernoitar, eximindo-se expressamente a direção do Seminário, de qualquer responsabilidade decorrente desse ato.
07. Será terminantemente proibida a presença de bebida alcoólica nas dependências de  salas de aulas, refeitório e alojamentos.
08.  Utilização de medicamentos tranqüilizantes de qualquer espécie só será permitida mediante recomendação medica, validada pela receita médica.
09. Haverá alojamentos distintos e separados para os dois gêneros.
10. A Organização do Seminário, não se responsabilizará por objetos e valores pessoais nos alojamentos.
11.  Os alojamentos deverão ser desocupados até as 5h do dia 28/10/2011 (segunda-feira), e não será servido café da manhã.

  Oficinas                                                                   Cidades Participantes
Oficinas
Numero de vagas
Flauta Transversal
25
Clarineta
25
Saxofone
25
Trompa
25
Trompete
25
Trombone
25
Tuba/ Bombardino
25
Percussão
25
Regência
25
Acari,  Almino  Afonso,Apodi,Caicó  Campo Grande , Carnaúba dos Dantas,     Carnaubais, Fernando Pedroza, Florania, Grossos, Messias Targino, João Dias, Jucurutu,   Parelhas,  Santo Antonio,  Janduis, Jardim do Seridó, São Fernando,São José do Seridó, São Pedro,  São Tomé, Serra Negra do Norte,   Severiano Melo, Tabuleiro Grande, Timbaúba  dos Batistas.



Oficinas de Sopro (Estudos básicos de técnicas e recursos dos respectivos  instrumentos de sopro . Trabalho de postura embocadura  e  sonoridade. Estudo da respiração aplicado  para os instrumentistas de sopro.  Escalas, articulação, Pratica de musica de câmara. Pratica de leitura musical)
Oficina de Percussão/Bateria (Estudos básicos no instrumento. Técnicas  Postura. Gêneros da musica popular.Elementos da escrita especifica dos instrumentos e forma musical. , andamento e dinâmica. Estudo  de leitura, frases rítmicas.  Conhecimento de andamento,  dinâmica e levadas.técnicas de condução e improvisação.
Oficina de Regência (objetiva despertar nos alunos os fundamentos da regência, utilizando-se da prática gestual , pontuando aspectos teóricos e práticos, no sentido de reger e gerenciar diversas formações instrumentais, postura, técnicas de ensaio, evolução e diferenças entre regência orquestral e de  Bandas – Conduta ética - social e administrativa; )

                             A Coordenação

FONTE: Humberto Carlos Dantas (Bembém)